Últimas notícias
Avião atropela cachorro durante decolagem e piloto faz pouso forçado após defeito em MT| Inicia a preparação para instalação da ponte de ferro no rio Tanguro em Canarana| Exército Brasileiro realizou desfile cívico em Canarana| A Secretaria de Desenvolvimento Socioeconômico e Turístico de Canarana apresenta suas ações da ultima semana de 04 a 11 de outubro| Combate a queimadas cobre área de 44 mil campos de futebol na região do Araguaia|
Sicredi
Notícias - Saúde

08 de Outubro de 2019 ás 08:14:17

Dor de cabeça é diferente de enxaqueca

Café dá dor de cabeça? Veja os gatilhos da dor de cabeça e da enxaqueca.

Foto por: Arte/TV Globo

A dor de cabeça incomoda milhões de brasileiros. Mas você sabia que dor de cabeça é diferente de enxaqueca? A neurologista Thais Villa explicou quais são os sinais para saber a diferença entre os dois.

“A dor de cabeça tensional costuma passar logo e se resolve sozinha, sem remédios. Enxaqueca é um problema neurológico, que muitas vezes incapacita”, explica a neurologista.

Estresse é o principal gatilho da enxaqueca

A dor de cabeça tensional acontece esporadicamente. A dor vai de leve a moderada e a pessoa não tem outros sintomas, como náusea, sensibilidade à luz. Ela costuma passar logo.

Já a enxaqueca é uma doença de base hereditária e um problema neurológico. Costuma vir acompanhada de sintomas, como auras visuais (vê brilhos, pontos coloridos), incômodo com luz, cheiro, barulho, tontura, náusea.

De 15% a 20% da população tem enxaqueca. É a primeira doença mais incapacitante em pessoas abaixo de 50 anos. Ela deve ser tratada com muita seriedade e controle porque aumenta o risco de AVC e infarto, assim como a hipertensão, o colesterol alto e o tabagismo.

A dica é registrar as manifestações e crises em um caderno de anotações. Fatores como duração e horários predominantes, intensidade e localização da dor, sintomas acompanhantes, situações desencadeantes, entre outros, devem ser observados.

Os principais gatilhos da enxaqueca

Estresse

Mudança hormonal

Privação do sono

Jejum prolongado

Mudança climática

Tratamento

Medicação oral

Toxina botulínica (trata a enxaqueca crônica)

Fisioterapia

Biofeedback

Mudança de hábitos

E o café?

O café pode ajudar a combater a dor de cabeça. “A falta do café pode dar dor de cabeça. Principalmente nas pessoas que têm a tendência de ter mais dor de cabeça. O café tem uma substância chamada cafeína. A cafeína é analgésica e estimulante. Se as pessoas olharem as medicações que tomam para a dor de cabeça, vão ver que muitas têm cafeína. Um expresso tem a quantidade de cafeína de dois a três analgésicos”, explica a neurologista.

E pra quem gosta de café, uma boa notícia: tomar muito café não dá dor de cabeça!

 

Fonte: G1 — São Paulo

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!