Últimas notícias
A Prefeitura de Canarana, em parceria com o SEBRAE, promoveu o I Seminário “Você é importante para o Município”. | A capital do nativismo Canarana realiza a maior Semana Farroupilha de Mato Grosso| Nova Xavantina aparece na lista de cidades que podem apresentar clima de deserto| Água Boa: Ruralista: bandidos pensarão duas vezes antes de invadir fazendas| Cocalinho/ Nova Nazaré (MT) - Ibama apreende madeira ilegal e aplica R$ 4,7 milhões em multas em 20 fazendas |
Notícias - Saúde

01 de Julho de 2019 ás 12:20:06

Girl power: sarada aos 74 anos, empresária faz três horas diárias de exercícios

Em busca de saúde, Sônia colocou as atividades físicas no seu dia a dia há uma década, depois de uma viagem à Índia.

Foto por: Bruno Alencastro/Canarinho

Quando o despertador toca, às 4h, ela já pula logo da cama e veste sua roupa de ginástica. Tudo isso para não se atrasar para as aulas de meditação, seguida de uma caminhada na Urca, no Rio de Janeiro. Depois, corre para a zona norte da cidade, onde pratica crossfit. Ao fim do dia, ainda vai correr no entorno do Estádio do Maracanã.

Ficou cansado só de ler? Pois a dona de tanto pique se chama Maria Sônia Fonseca que, aos 74 anos, comemora uma vida com saúde. Há 10 anos, a empresária iniciou a rotina de exercícios, que hoje inclui três horas diárias de atividades físicas. A transformação ocorreu depois de uma temporada na Índia, onde também decidiu se tornar vegana.

"Lá eu aprendi a meditar e passei a me alimentar melhor. Hoje sou uma pessoa completamente saudável. Inclusive busquei os exames de rotina há pouco tempo e está tudo perfeito", conta Maria.

Para ela, ter um corpo com saúde é o resultado de uma vida em movimento. Pilates, hidroginástica e yoga também estão na lista de atividades da empresária. "Quando eu penso em parar, todos dizem que eu sou um exemplo", afirma.

As pernas torneadas, panturrilha com músculos marcados, abdômen retinho e os braços fortes pouco importam para Sônia. "Eu, musculosa? Nem sei, só quero ter disposição para fazer tudo o que eu faço. Eu acho que, mais que o corpo, você tem que ter uma mente ativa e se concentrar em tudo o que você faz. Sou elétrica e coloco energia em tudo", conta.

Não é um exagero comparar o pique da empresária com a de um jovem de 20 anos. De acordo com o fisioterapeuta, educador físico e doutor em biomecânica Gustavo Leporace, uma pessoa acima de 60 anos, que é fisicamente ativa, tem uma qualidade muscular muito semelhante a de um adulto jovem.

Ele explica que os músculos do corpo humano permitem que uma pessoa se relacione, se movimente e se expresse. Por isso, mantê-los saudáveis é muito mais do que uma preocupação estética.

"Com o tempo, o corpo humano passa por um processo de sarcopenia, que significa a perda natural e progressiva de massa muscular, característico do envelhecimento", afirma. Mas isso pode ser retardado com atividade física, segundo ele.

"É por meio dos estímulos do esporte que o músculo se mantém forte. Por isso, uma pessoa de 50 anos ativa tende a ser mais saudável que uma que aos 30 anos é sedentária. Justamente porque ela mantém sua massa magra, sem dar espaço para a gordura, que pode reduzir a capacidade de gerar força", explica.

Mais qualidade de vida

A Organização Mundial de Saúde (OMS) indica a prática mínima de 75 minutos por semana de exercício aeróbico em nível vigoroso (ou 150 minutos semanais de atividades físicas moderadas), à população acima 64 anos que deseja adotar estilo de vida saudável. Ao seguir essa recomendação, a pessoa evita o sedentarismo, um dos responsáveis pela redução na qualidade de vida e pelo aumento no risco de doenças cardíacas e metabólicas, conforme Leporace. "Claro que a gente orienta de acordo com as restrições de cada pessoa e do seu grau de capacidade física. Contudo, uma simples caminhada já é capaz de trazer inúmeros benefícios", afirma.

Sônia salta caixas, pula corda e levanta peso em barras, mas faz tudo respeitando os limites do seu corpo para não sofrer lesões. "Eu faço todos os exercícios, mas tudo com peso menor, de acordo com a orientação dos meus professores", afirma.

 

Fonte: G1

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!