Últimas notícias
Canarana abre processo seletivo para fisioterapeutas | Em posse da diretoria da OAB advogados criticam ameaça de suspensão da Comarca de Canarana| Água Boa Começa a Produzir Algodão | Aprosoja realiza recadastramento do programa Agrosolidário em Gaúcha do Norte| Defensoria participa do 1° Araguaia InterAtivo na UFMT |
Notícias - Esportes

09 de Janeiro de 2019 ás 10:01:20

Meio encorpado: como Renato pode encaixar Rômulo e Montoya no time do Grêmio

Chegada de volantes supre a ausência de Ramiro e aumenta as opções no setor.

Foto por: Matheus Beck

As chegadas de Montoya e Rômulo não servem apenas de reposição à saída de Ramiro e Cícero no Grêmio. Versáteis, fortes na marcação e com potencial para sair ao ataque, os reforços oferecem alternativas ao sistema de Renato Portaluppi.

Com as duas contratações, a direção do Grêmio encorpa o elenco do time. Após ser submetido a cirurgia para corrigir uma arritmia no coração, Renato somente pode observar os treinos físicos dos novos pupilos.

Abaixo, o GloboEsporte.com projeta como ambos podem ser utilizados:

Nos últimos dois anos, o treinador consolidou a equipe no esquema 4-2-3-1. Rômulo poderia entrar como um dos volantes, ao lado de Maicon, e Montoya simplesmente substituiria Ramiro na extrema direita.

Em sua apresentação oficial, o argentino disse ter predileção pela posição. Mas também se coloca à disposição para outra função. Na carreira, já atuou como volante e até já quebrou um galho como lateral - o que Ramiro também fazia.

— Parto do meio, em distintos lados. Obviamente que, no Rosario (Central), joguei mais pela direita, meu lugar favorito. Gosto mais e fui bem ali. Mas isso quem decide é o técnico. Tratarei de atuar da melhor forma.

A dupla oferece, entretanto, oportunidade para a repetição de outro esquema que Renato aplicou em 2018: o 4-3-3. Neste caso, eles poderiam atuar no centro, lado a lado, na segunda linha do meio-campo. Neste caso, Maicon ou Michel atuaria como primeiro volante. Alisson e Éverton seriam os extremas.

A mudança mexeria um pouco com as características de Rômulo. Ele prefere ser cabeça de área, porém, como atuou de segundo volante na Seleção Olímpica, em 2012, ao lado de Sandro, aceitaria desempenhar este papel no time de Portaluppi.

— Eu gosto de jogar na primeira (função do meio campo). Independentemente de ser primeiro ou ser mais solto, ir ao ataque, vou dar o melhor. Vai depender do Renato — afirma.

Confira abaixo, um possível Grêmio com a dupla:

Além de variações de esquema, Montoya e Rômulo são acréscimos ao elenco. Eles se somam a Matheus Henrique, Thaciano e Kaio, além de Maicon e Michel, na posição. Para uma temporada com ao menos quatro competições, a direção considera importante ter peças de mesmo nível no time alternativo.

 

Fonte: Matheus Beck — Porto Alegre

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!