Últimas notícias
Prefeitura de Água Boa. Ferrovia Integração Centro-Oeste é tema de audiência pública no Vale do Araguaia| As fortes chuvas dos últimos dias, causaram danos em várias ruas da cidade e da zona rural.| Assessora Cultural de Canarana, Renata Reyes reuniu-se com alguns membros indicados pelas instituições e poder público para instituir a formação do Conselho Municipal de Cultura| Secretaria começa formar novos servidores que atuarão no Sistema Penitenciário | Max Russi destaca aprovação do projeto de lei de Associação de Produtores do Araguaia na CCJR|
Notícias - Esportes

07 de Novembro de 2018 ás 12:41:34

Rafaelle passa por cirurgia e corre contra o tempo para a Copa; CBF irá sugerir recuperação no Brasil

Zagueira da Seleção passará por procedimento no joelho na quinta; Tempo estimado de volta é de seis meses. Defensora sofreu lesão em 24 de outubro em jogo do Changchun.

Foto por: Lucas Figueiredo / CBF/infoesporte

Mais uma atleta da seleção brasileira que atua no futebol chinês sofreu uma lesão que exige um tempo longo de recuperação. Depois de Bruna Benites - passou por cirurgia no joelho em outubro -, Rafaelle também terá que passar por um procedimento cirúrgico, que será realizado na quinta-feira, em São Paulo.

A zagueira titular do Brasil disse que teve o problema no dia 24 de outubro no jogo do seu clube, o Changchun, diante do Pequim. Depois dos primeiros exames na China, viajou ao Brasil para que ocorresse o diagnóstico também pelos profissionais da seleção brasileira. O tempo previsto de recuperação é de seis meses, e a Copa do Mundo começa em 7 de junho.

- Minha lesão foi no dia 24 de outubro no jogo contra o Pequim na China. Machuquei no final do primeiro tempo e saí do jogo. Eu fiz a ressonância logo em seguida na China mesmo na minha cidade e eles estavam na dúvida. Uns médicos falaram que tinha rompido e outros médicos disseram que não, mas depois eles afirmaram que tinha rompido e deixaram à disposição para eu escolher onde queria fazer o tratamento. Se eu queria tratar na China ou outro país da Europa.

Aconselharam que eu tratasse na Alemanha, mas preferi ficar perto da minha família aqui no Brasil. Conversei com o pessoal da seleção e eles me indicaram o médico que fez a cirurgia da Bruna e a cirurgia vai ser quinta em São Paulo - disse Rafaelle ao blog Dona do Campinho.

Marco Aurélio Cunha, coordenador das seleções femininas da CBF, acredita que a jogadora pode estar sim de volta aos gramados para a disputa do Mundial, na França. O dirigente afirmou ao blog que irá sugerir que a defensora faça o restante do tratamento no Brasil e não na China ou em outro país.

- Já está no Brasil e passou por exames e a cirurgia será na quinta. Prazo bem limite (para participar da Copa). Talvez dê tempo sim se for bem sucedido em seis meses pode jogar. Fica ali bem no limite. Tem que estar em boas condições físicas e ela tem condições.

- Nós não temos direito de impor porque ela tem contrato na China, mas vamos sugerir que ela faça no Brasil a recuperação. Bruna Benites também está indo bem no processo de recuperação - afirmou.

Questionada sobre a possibilidade, Rafaelle afirmou que toparia sim seguir o processo de recuperação no Brasil até mesmo pela confiança que deposita nos profissionais da comissão técnica da Seleção. Mas diz que ainda precisa falar com seu clube.

- Toparia ter esse acompanhamento com a Seleção até por isso que escolhi vir fazer a cirurgia no Brasil. Mas ainda está tudo indefinido. Cheguei a conversar com o fisioterapeuta e com o médico da seleção. Estamos tendo contato direto, mas com certeza eu toparia e minha vontade é esse tratamento de qualidade aqui com a seleção. Mas ainda não decidimos nada porque também tenho que conversar com meu clube na China - afirmou ao Dona do Campinho.

Sobre o tempo de recuperação de seis meses, ela garante que vai trabalhar muito para estar disponível para a competição da Fifa e afirma que irá respeitar o tempo certo do processo.

- Vou trabalhar bastante para me recuperar o mais rápido e voltar o melhor possível para estar bem para a Copa do Mundo. Vai ser um período apertado agora, mas tentarei de tudo, conversar com meu clube para me liberar e ficar tratando aqui no Brasil com a seleção que é um tratamento de qualidade que eu conheço e confio para poder estar nesse período até a Copa do Mundo. Sei que é um período apertado e tudo vai depender do tratamento e eu respeitando o tempo certinho e não passar por cima de nada para não atrapalhar a volta aos gramados - disse.

A seleção brasileira está viajando para a França, onde enfrenta as donas da casa no próximo dia 10 de novembro, às 17h (de Brasília). Além de Rafaelle e Bruna Benites lesionadas, Vadão não conta também com Marta e Cristiane, também com problemas físicos. O amistoso serve como preparação à Copa do Mundo, que ocorre de 7 de junho a 7 de julho de 2019.

Confira o que Rafaelle escreveu em suas redes sociais:

- Hoje começa uma nova história e o mais difícil disso tudo é saber que terei que ficar 6 meses sem fazer o que mais gosto. Infelizmente sofri uma lesão grave no joelho e rompi o ligamento cruzado anterior (LCA) no fim do mês passado na China e passarei por um procedimento cirúrgico.

Sumi um pouco das redes sociais e nao tinha falado com ninguém porque estava digerindo tudo isso e me preparando para a operação. Estou triste por correr risco de não estar em condições para jogar a copa do mundo em 2019 mas agora já estou no Brasil e pronta para começar a batalha e tentar voltar o mais rápido e melhor possível a jogar futebol.

 

Fonte: Cíntia Barlem, blog Dona do Campinho — Rio de Janeiro

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!