Últimas notícias
Em reunião com Aprosoja, prefeito de Canarana manifesta apoio ao fim do Fethab milho| ACENN de Nova Nazaré está em plena atividade| Construção dos fóruns de Nova Xavantina e Água Boa beneficiará população| Arraia da Agronomia acontece dia 08 de junho na Praça Suzanete Ferreira| Chitãozinho é nomeado 'Embaixador do Araguaia' por Caiado apesar de processo por danos ambientais à região do rio|
Notícias - Esportes

10 de Agosto de 2018 ás 08:05:31

Curtinhas: Sem contrato renovado com o UFC, Viviane Sucuri acerta com Invicta FC

Peso-palha brasileira somou duas vitórias e duas derrotas em sua passagem pelo Ultimate.

Foto por: Getty Images

Segundo o site “MMA Fighting”, Viviane Sucuri já acertou contrato com o Invicta FC - organização apenas com mulheres - depois de não renovar com o UFC. A peso-palha cearense de apenas 24 anos fez quatro lutas no Ultimate, somando duas vitórias e duas derrotas. O Invicta FC ainda não definiu a data de estreia de Sucuri.

Viviane Sucuri assinou com o Ultimate em 2016, quando tinha um cartel de 11 vitórias em 11 lutas. Sua estreia foi contra Valerie Letourneau, que terminou com vitória em decisão dividida. Depois, venceu Jamie Moyle também por pontos, mas de forma unânime. Mas as duas derrotas seguinte, ambas por decisão unânime, para Tatiana Suarez e Xiaonan Yan, fizeram com que o contrato não fosse renovado.

CSAC recomenda que Alex Perez e Brett Johns subam de peso

Os lutadores Alex Perez e Brett Johns devem subir de categoria, segundo a Comissão Atlética da Califórnia (CSAC). A instituição fez a recomendação depois que os dois atingiram mais de 10% do limite de peso entre o número que bateram na sexta-feira, antes do UFC 227, e o número com que subiram ao octógono no sábado, segundo informou o site “MMA Fighting”.

De acordo com os dados da CSAC, Alex Perez ganhou 16,3% de peso de volta após a pesagem oficial na sexta-feira, saindo de 57,2kg para 66,5kg no peso-mosca. Brett Johns passou de 61,4kg para 71,7kg, um aumento de 16,2%.

Perez, que em Los Angeles venceu Jose Torres por nocaute no primeiro round, foi recomendado que subisse para o peso-galo. Johns foi derrotado por Pedro Munhoz, e a CSAC recomenda que ele luta agora no peso-pena.

 

Fonte: Combate.com, Rio de Janeiro

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!