Últimas notícias
Avião atropela cachorro durante decolagem e piloto faz pouso forçado após defeito em MT| Inicia a preparação para instalação da ponte de ferro no rio Tanguro em Canarana| Exército Brasileiro realizou desfile cívico em Canarana| A Secretaria de Desenvolvimento Socioeconômico e Turístico de Canarana apresenta suas ações da ultima semana de 04 a 11 de outubro| Combate a queimadas cobre área de 44 mil campos de futebol na região do Araguaia|
Sicredi
Notícias - Água Boa

08 de Outubro de 2019 ás 09:27:14

Água Boa: Programa criança feliz

O Programa Federal da Primeira Infância Criança Feliz foi criado em 2016 com base na Lei do Marco Legal da Primeira Infância de 2016.

Foto por: Ascom - AB

Rumo ao Primeiro ano de Acompanhamentos do Programa Federal Criança Feliz, a Secretaria de Assistência Social de Água Boa, tem a satisfação de ofertar um programa de grande importância para o futuro. O Programa Federal da Primeira Infância Criança Feliz foi criado em 2016 com base na Lei do Marco Legal da Primeira Infância de 2016 e desde então tem sido aderido cada vez mais pelos municípios brasileiros que reconhece a importância do cuidado na primeira infância e não poderia ser diferente para o município de Água Boa, cuidar da infância é cuidar do futuro.

A atenção aos primeiros 1000 dias de vida de uma pessoa tem sido o grande destaque nos últimos anos no Brasil e no mundo, pois esse período é considerado o “Intervalo de Ouro” que pode mudar radicalmente o destino da criança, não apenas em crescimento e desenvolvimento, mas também em questões intelectuais e sociais.

A iniciativa do Governo Federal veio para ampliar a rede de atenção e o cuidado integral das crianças na primeira infância, considerando sua família e seu contexto de vida, oferecendo suporte as famílias com gestantes e crianças de 0 a 3 anos de idade de famílias que estejam inseridas no cadastro único e crianças de 0 a 6 anos beneficiárias da prestação continuada, sendo o público prioritário as famílias beneficiarias do Bolsa Família.

O programa realiza visitas domiciliares semanalmente através de profissionais denominados visitadores, que buscam aplicar uma política que se ajuste e respeite cada família com as suas peculiaridades, utilizando metodologia própria definida pelo Ministério do Desenvolvimento Social, respeitando as diferenças e diversidade em busca da promoção do desenvolvimento integral das crianças, levando apoio e orientação adequadas a fase mais importante do desenvolvimento humano.

 

Fonte: Ascom - AB

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!