Últimas notícias
Ministra diz que ouvidor agrário nacional foi exonerado porque era ligado ao PT| Bolsonaro chega à Suíça para participar do Fórum Econômico Mundial| WhatsApp limita reenvios de mensagens a 5 destinatários| Unicef cria cartilha com 10 passos para alimentação e hábitos saudáveis até os 2 anos| Infecções causadas por fungos são mais comuns no verão|
Notícias - Água Boa

07 de Janeiro de 2019 ás 15:33:30

Água Boa: Hortaterapia na Unidade CAPS I Vida Nova

O projeto é supervisionado pelo profissional terapeuta ocupacional, mais a participação da equipe multidisciplinar.

Foto por: Assessoria de Comunicação

Sabe-se que uma das formas de reabilitação e inserção social é o trabalho. Desse modo, o desenvolvimento de atividades manuais relacionadas ao cultivo de plantas para a alimentação e uso medicinal tem sido utilizado como ação complementar no tratamento e melhoria da qualidade de vida de muitos pacientes. Tendo em vista todas as vantagens e visando o bem-estar dos clientes, a unidade CAPS I Vida Nova de Água Boa/MT juntamente com a Secretaria de Saúde implantaram a hortaterapia como parte das oficinas de terapia ocupacional.

De acordo com Carolina Silva Hamú Mendanha Terapeuta Ocupacional da unidade CAPS I Vida Nova, as oficinas se desenvolvem em grupos e incluem portadores de transtornos mentais severos e persistentes, bem como os portadores de transtornos decorrentes do uso abusivo de álcool e outras drogas.

As oficinas terapêuticas por meio da formação de hortas surgem em um processo que visa restabelecer a cidadania da pessoa em tratamento, por meio da desconstrução do modelo asilar de atenção à saúde mental. Dessa forma elas passam a exercer papel tanto como elemento terapêutico quanto como promotoras de reinserção social, por meio de ações que envolvem o trabalho, a criação de um produto, além de maior autonomia do sujeito.

O projeto é supervisionado pelo profissional terapeuta ocupacional, mais a participação da equipe multidisciplinar, tendo em vista que cada profissional pode identificar diferentes necessidades que auxiliam a traçar o plano terapêutico de cada paciente e assim contribui para a reabilitação psicossocial de cada indivíduo inserido na oficina proporcionando melhor qualidade de vida.    

Na horta os pacientes cultivam hortaliças como: alface, couve, rúcula, quiabo, batata doce, jiló entre outros. Todas elas sem uso de agrotóxicos e com a utilização de compostagem. Os pacientes inseridos, de acordo com o perfil, se beneficiam dos alimentos colhidos bem como aprendem técnicas de higienização dos alimentos.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!