Últimas notícias
A sociedade civil no CMMA – Conselho Municipal de Meio Ambiente são os guardiões das riquezas socioambientais no Araguaia Xingu.| Projeto que proíbe uso de narguilé em espaços públicos entra em estudo na Câmara Municipal| Prefeitura de Nova Marilândia (MT) abre concurso com 28 vagas e salário de até R$ 4,6 mil| Carreta tomba na Serra de São Vicente e caminhoneiro é resgatado das ferragens em MT| Brasileiro joga fora 40 kg de comida por ano; arroz, feijão e carne lideram desperdício|
Notícias - Brasil

12 de Janeiro de 2018 ás 15:10:00

Governo anuncia período para cadastro no programa Passe Livre Estudantil

Entre as novidades para este ano está a possibilidade de ampliar o número de viagens gratuitas dependendo da necessidade.

Foto por: Reprodução/TV Anhanguera

A Secretaria de Governo do Estado de Goiás anunciou nesta sexta-feira (12) o prazo para o cadastramento no programa Passe Livre Estudantil. Os alunos terão de 15 de janeiro a 10 de março para fazer a inscrição. Entre as novidades para este ano está a possibilidade de ampliar o número de viagens gratuitas dependendo da necessidade.

De acordo com o governo, não existe um limite no número de estudantes que podem ter acesso ao programa. Os estudantes que já têm o passe livre estudantil não precisam ir mais ao Vapt Vupt, basta fazer a renovação pela internet.

O cadastramento é pelo site da Superintendência da Juventude. É necessário ter os documentos pessoais e o cartão do Passe Escolar em mãos e preencher o formulário.

Diferente de Goiânia, o cadastro em Rio Verde e Anápolis será presencial. O interessado deve comparecer à empresa de transporte da cidade, iniciar o cadastro e finalizar na unidade do Vapt Vupt escolhida com um documento de identificação e o cartão do Passe Escolar.

Depois dessa data para o cadastro onde já existem o programa, o governo afirmou que também vai ampliar o projeto para as cidades de Catalão e Jataí.

Atualmente, os alunos têm direito a 48 passagens por mês de maneira gratuita. Porém, uma das novidades para esse ano é a possibilidade de ampliação desse número caso o estudante comprove a necessidade, como ter aulas em períodos diferentes do dia.

"Ele vai poder marcar quantas passagens ele precisa, fazer a justificativa e anexar o documento", disse o superintendente da Juventude, Leonardo Felipe Marques de Sousa,

Reclamações

Alunos contam que enfrentam constantes problemas com o programa. "Em dezembro não caiu todas as passagens necessárias para completar o mês e eu tive que pagar, o que pesou no meu orçamento", conta a estudante Emilly Lima.

O problema se repete com outras pessoas. "Teve mês que caiu só uma passagem, caiu o valor R$ 3,70. Com uma viagem, eu viria, mas nem conseguiria voltar", contou a estudanet Adina Assis.

O superintendente da Juventude disse que não há problemas com o programa e o bloqueio pode ter acontecido por uso irregular do cartão. "Provavelmente a pessoa emprestou o cartão para outra pessoa, ou estava passando várias vezes o cartão no horário de aula em outra localidade", explicou Sousa.

Fonte: Escrito por: Vitor Santana - G1 GO

O Portal não se responsabiliza pelos comentários aqui postados!